Diagram Illustration

Conteúdo

Assim como em fluxogramas, os diagramas BPMN usam um conjunto de símbolos padrões. Cada forma possui um significado específico e contexto de negócios onde for mais apropriado. Se houve qualquer confusão ao desenhar seu gráfico BPMN, consulte este guia.

Símbolos BPMN comuns

Um diagrama de notação e modelo de processos de negócios, ou BPMN, é usado para criar fluxogramas de modelos de processos de negócios fáceis de entender, que podem ser compartilhados em todos os setores e organizações. Os símbolos de diagrama BPMN são categorizados em quatro principais grupos: objetos de fluxo, objetos de conexão, raias e artefatos. Leia este guia abrangente de formas de diagrama BPMN e seus significados abaixo.

Tipos de eventos BPMN

Os eventos representam um evento em um processo de negócios.

Símbolo BPMN de evento inicial

Símbolo de início do evento - Sinaliza o primeiro passo de um processo.

Símbolo BPMN de evento intermediário

Símbolo de evento intermediário - Representa qualquer evento que ocorre entre o início e o fim do evento.

Símbolo BPMN de evento final

Símbolo de final do evento - Sinaliza o passo final em um processo.

Símbolos de eventos BPMN

Cada um destes eventos pode ter um estilo para representar os detalhes específicos de seu processo. Os exemplos abaixo estão contidos entre os símbolos de início do evento, porém eles podem ser combinados a qualquer tipo de evento. Os símbolos de evento comuns representam as seguintes circunstâncias:

Símbolo BPMN de mensagem

Símbolo de mensagem - Desencadeia o processo, facilita processos intermediários ou finaliza o processo.

Símbolo BPMN de temporizador

Símbolo de cronômetro - Um tempo, data ou tempo e datas recorrentes desencadeiam o processo, auxiliam processos intermediários ou completam o processo.

Símbolo BPMN de escala

Símbolo de encaminhamento - Um passo reage a um encaminhamento e flui para outro cargo na organização. Este evento é apenas usado dentro de um evento de subprocesso. Um encaminhamento ocorre quando alguém em um nível de responsabilidade mais alto dentro da organização se envolve em um processo.

Símbolo BPMN de condicional

Símbolo condicional - Um processo se inicia ou continua quando uma condição de negócio ou regra de negócio for realizada.

Símbolo BPMN de link

Símbolo de link - Um subprocesso que faz parte de um processo maior.

Símbolo BPMN de erro

Símbolo de erro - Um erro encontrado no início, meio ou fim de um processo. Um subprocesso de evento com um acionador de erros sempre interromperá o processo nele compreendido.

Símbolo BPMN de cancelar

Símbolo de cancelamento - Reage a uma transação que foi cancelada dentro de um subprocesso. Em um final de evento, o símbolo de cancelamento representa o cancelamento acionado de um processo.

Símbolo BPMN de compensação

Símbolo de compensação - Um reembolso que é acionado quando uma parte das operações falha.

Símbolo BPMN de sinal

Símbolo de sinal - Um sinal que se comunica em diferentes processos. Um símbolo de sinal pode iniciar um processo, facilitá-lo ou completá-lo.

Símbolo BPMN de múltiplo

Símbolo de múltiplo - Acionadores múltiplos que iniciam um processo.

Símbolo BPMN de múltiplo paralelo

Símbolo de múltiplo paralelo - Uma instância de um processo que não se inicia, nem continua ou finaliza até que todos os eventos possíveis tenham ocorrido.

Símbolo BPMN de terminar

Símbolo de término - Desencadeia a conclusão imediata de um passo do processo. Todas as instâncias relacionadas são terminadas ao mesmo tempo.

Símbolos BPMN de atividade

As atividades descrevem o tipo de trabalho sendo feito em uma instância específica do processo. Há quatro tipos de atividades: tarefas, subprocessos, transações e atividades de chamada.

Símbolo BPMN de tarefa

Símbolo de tarefa - O nível mais básico de uma atividade e não pode ser subdividida. Por exemplo, um processo de rotina matinal pode envolver a tarefa de ligar seu computador.

Template de subprocesso BPMN

Símbolo de subprocesso - É um grupo de tarefas que se encaixam particularmente bem. Há duas visualizações diferentes do subprocesso. Uma delas é a visualização suspensa, a qual possui um sinal de mais expandido para mostrar mais detalhes. A outra é uma visualização de subprocesso expandido, que é ampla o suficiente para abrigar todas as tarefas que descrevem o subprocesso de modo completo.

Símbolo BPMN de transação

Símbolo de transação - É um subprocesso especializado que envolve pagamento.

Símbolo BPMN de chamada

Símbolo de chamada - É um subprocesso global reutilizado em vários pontos do fluxo de negócios.

Símbolos BPMN de porta de entrada

Portais são símbolos que separam e reconectam os fluxos em um diagrama BPMN. Há vários tipos de portais.

Símbolo BPMN de exclusivo

Símbolo de exclusivo - Avalia o estado do processo de negócio e, com base na condição, divide o fluxo em um ou mais caminhos mutuamente exclusivos. Por exemplo, um relatório será gerado se um supervisor der uma aprovação; nenhum relatório será gerado se o supervisor negar uma aprovação.

Símbolo BPMN baseado em evento

Símbolo baseado em evento - Uma porta de entrada baseada em evento é semelhante a uma porta de entrada exclusiva, pois ambas envolvem um caminho no fluxo. No caso de uma porta de entrada baseada em evento, no entanto, você está avaliando qual evento ocorreu e não qual condição está sendo cumprida. Por exemplo, você pode esperar até que o diretor executivo chegue ao escritório para enviar-lhe um e-mail . Se o diretor executivo não chegar, o e-mail não será enviado.

Símbolo BPMN paralelo

Símbolo de paralelo - Difere de outras portas de entrada pois não depende de condições ou eventos. Em vez disso, as portas de entrada paralelas são usadas para representar duas tarefas simultâneas em um fluxo de negócio. Um exemplo disso é o departamento de marketing gerando novas oportunidades de clientes e contatando clientes potenciais existentes ao mesmo tempo.

Símbolo BPMN de inclusivo

Símbolo inclusivo - Divide o fluxo do processo em um ou mais fluxos. Por exemplo, uma porta de entrada inclusiva pode envolver ações comerciais tomadas com base em resultados de pesquisa. Um processo pode ser iniciado se o consumidor estiver satisfeito com o produto A; outro fluxo se inicia quando o consumidor indicar que está satisfeito com o produto B; e um terceiro processo se inicia se o consumidor não estiver satisfeito com o produto A.

Símbolo BPMN baseado em evento exclusivo

Símbolo baseado em evento exclusivo - Inicia uma nova instância de processo com cada ocorrência de um evento subsequente.

Símbolo BPMN de complexo

Símbolo de complexo - Estas portas de entrada são somente usadas nos fluxos mais complexos em um processo de negócios. Um caso de uso ideal da porta de entrada complexa seria quando você precisa de múltiplas portas de entrada para descrever o fluxo do negócio.

Símbolo BPMN baseado em evento paralelo

Símbolo de baseado em evento paralelo - Como o nome sugere, esta porta de entrada é semelhante à porta de entrada paralela. Ela permite que diversos processos ocorram ao mesmo tempo, porém, diferentemente da porta de entrada paralela, os processos dependem de eventos.

Conectando objetos em um diagrama BPMN

Objetos de conexão são linhas que conectam objetos de fluxo BPMN. Há três tipos diferentes: fluxos de sequência, fluxos de mensagem e associações.

Símbolo BPMN de fluxo de sequência

Símbolo de fluxo de sequência - Conecta objetos de fluxos em uma ordem sequencial própria.

Símbolo BPMN de fluxo de mensagem

Símbolo de fluxo de mensagem - Representa as mensagens entre um participante e outro do processo.

Símbolo BPMN de associação

Símbolo de associação - Mostra relacionamentos entre artefatos e objetos de fluxo.

Rais em um diagrama BPMN

As raias são usadas para organizar os aspectos de um processo em um diagrama BPMN. A raias agrupam os objetos visualmente em faixas, com cada aspecto do processo adicionado a uma raia separada. Estes elementos podem ser arranjados tanto horizontalmente como verticalmente. As raias não apenas organizam as atividades em categorias separadas, como também podem revelar atrasos, ineficiências e os funcionários responsáveis por cada passo em um processo.

Raias em um diagrama BPMN

 

Artefatos em um diagrama BPMN

Os artefatos representam informações relevantes ao modelo, porém não relevantes a elementos individuais dentro do processo. Os três tipos de artefatos são anotações, grupos e objetos de dados que podem ser usados em um diagrama BPMN. Todos os três são usados para aumentar e descrever um processo BPMN.

Anotações permitem que o modelador descreva partes adicionais do fluxo do modelo ou notação.

Grupos organizam tarefas ou processos que possuem relevância no processo como um todo.

Objetos de dados representam dados colocados no processo, dados que resultam do processo, dados que precisam ser coletados ou dados que devem ser armazenados.

Artefatos em um diagrama BPMN

 

Símbolo BPMN de entrada de dados

Símbolo de entrada de dados - Representa os requisitos de dados dos quais as tarefas dependem em um processo de negócios.

Símbolo BPMN de saída de dados

Símbolo de saída de dados - Demonstra as informações produzidas como resultado de um processo de negócios.

Símbolo BPMN de coleção de dados

Símbolo de coleta de dados - Significa informações coletadas dentro de um processo de negócios.

Símbolo BPMN de armazenamento de dados

Símbolo de armazenagem de dados - Representa a habilidade de armazenar ou acessar dados associados a um processo de negócios.