Ferramentas de arquitetura de software

Como escolher a pilha de tecnologia certa para arquitetura de software

Reading time: about 8 min

Posted by: Lucid Content Team

Hoje em dia, o mundo basicamente gira em torno do software. Afinal, são quase 15 bilhões de aparelhos digitais em uso em todo o mundo. Isso é quase dois aparelhos para cada pessoa no mundo, sem contar PCs e laptops. E existem cerca de 35 aplicativos instalados em cada um desses aparelhos.

Então, se você quer competir no mercado global de software, precisa de uma infraestrutura sólida. E você precisa garantir a tecnologia certa para criar, manter, atualizar e otimizar sua arquitetura de software. 

Neste artigo, apresentaremos alguns aspectos a considerar na escolha das ferramentas de arquitetura de software. Também listaremos as tecnologias mais usadas atualmente para você decidir a melhor pilha de desenvolvimento de softwares para o seu caso. 

O que é stack de tecnologia ou pilha de tecnologia?

Pilha de tecnologia é uma lista de softwares, estruturas, tecnologias, linguagens de programação etc. que entram na construção de um software ou serviço. Ela precisa incluir tecnologias para ajudar no desenvolvimento das partes do front-end (lado do cliente) e back-end (lado do servidor) do produto.

Front-end

Front-end é a parte do programa com o qual os usuários finais interagem. Ele inclui elementos de experiência do usuário e as ferramentas necessárias para que os usuários realizem o que o software precisa fazer por eles. Esses elementos geralmente são codificados com linguagens mais fáceis de usar e entender, como HTML, CSS e JavaScript. O Bootstrap é uma estrutura comum no HTML e CSS.

As estruturas JavaScript são usadas para criar interfaces de usuário interativas. As três estruturas JavaScript mais usadas são React, Angular e Vue. 

Back-end

O back-end facilita a comunicação entre os componentes da aplicação. Com essa comunicação, cada componente entende como responder às interações do usuário. As partes do back-end incluem linguagens de programação, bancos de dados e servidores.

Entre as linguagens de programação comuns estão Ruby, JavaScript, PHP, Python e Scala. O banco de dados é crucial para armazenar os dados de que os usuários precisam. O banco de dados, por exemplo, armazena as informações de contato de um usuário. Entre os bancos de dados mais usados, estão MySQL, PostgreSQL e MongoDB.

Os servidores processam e agem de acordo com as solicitações recebidas dos usuários. Os servidores mais usados são o Nginx e o Apache.

Critérios para escolher as ferramentas de arquitetura de software

Assim como um alicerce firme é necessário para sustentar um edifício, você precisa de uma pilha de tecnologia forte para dar suporte à infraestrutura da sua empresa. Tudo o que sua empresa fizer será construído sobre essa pilha de tecnologia. 

Não existe uma pilha de tecnologia que sirva para tudo. Tudo depende do que você espera realizar. E, com a diversidade de ferramentas à disposição, encontrar as corretas pode desanimar. Para você achar o conjunto ideal para o seu caso, considere os seguintes critérios:

Qual é a necessidade?

Não caia na armadilha de escolher a tecnologia porque é a tendência do momento, mas pense em uma necessidade que a tecnologia possa suprir. Responda às seguintes perguntas na hora de decidir sobre o conjunto de ferramentas para sua empresa.

O que precisamos que a tecnologia faça por nós? 

Priorize escolhas com base nas necessidades dos negócios. Por exemplo: se a diagramação de sua arquitetura for prioridade, busque ferramentas de diagramação de arquitetura de software como o Lucidchart

É flexível o suficiente para crescer com a visão de longo prazo da empresa?

A tecnologia pode resolver um problema imediato, mas, se for rígida e não puder crescer para atender às suas necessidades, você precisará procurar uma alternativa.

Precisamos mesmo de algo novo?

Se a sua arquitetura atual e o software de suporte já bastam, não mexa no time que está ganhando.

O tipo de projeto no qual você está trabalhando também determinará o que você precisa da sua tecnologia. Um projeto simples, como uma página de destino, pode ser realizado com HTML e CMS simples. Um projeto mais complexo, como uma rede social, exige uma combinação de linguagens de programação e estruturas robustas, como React ou Angular.

Quanto isso vai custar?

É verdade que você precisa gastar dinheiro para ganhar dinheiro, mas é importante ter noção do orçamento da sua empresa ao pesquisar ferramentas de arquitetura de software. Isso evita tempo e esforço desperdiçados com produtos pelos quais a empresa não está disposta a pagar.

Outra consideração de custo são as pessoas. Se a tecnologia for relativamente fácil de usar, é provável que sua equipe atual possa trabalhar com ela. Mas, se a tecnologia for complexa e difícil de aprender, talvez seja necessário muito investimento para contratar especialistas no assunto.

O licenciamento é outro problema de custo que você deve analisar. É uma licença de código aberto? É um licenciamento por usuário, por rede, por mês, por ano?

A tecnologia está madura?

Para metas de longo prazo e projetos essenciais, é melhor usar tecnologia madura. Considere também:

  • Há quantos anos ela está em desenvolvimento?
  • Quantas versões já foram lançadas? 
  • Quem a usa atualmente? Se a concorrência usa bem essa tecnologia, provavelmente ela também está madura o suficiente para você.
  • Recebe manutenção adequada?

O Índice Tiobe é útil para analisar as atuais tendências tecnológicas. Esse índice é atualizado todos os meses e lista as linguagens de programação mais usadas atualmente. É um bom ponto de partida para avaliar as tecnologias em uso e maduras o suficiente para suas necessidades.

É compatível com as ferramentas existentes?

Se você ainda estiver preso a ferramentas e tecnologias legadas, veja se a nova tecnologia funcionará bem com elas. Se a integração de uma nova pilha exigir uma grande reformulação da infraestrutura existente, talvez ela não seja a pilha certa para você. Você também precisará examinar as ferramentas existentes para ver se elas podem ser melhoradas ou expandidas para funcionar com novas soluções.

A tecnologia é expansível?

Expandir faz parte dos planos do produto? Nesse caso, é melhor garantir que ele seja construído sobre uma base sólida e que seja facilmente expandida junto com o produto. 

As empresas usam a expansão vertical ou horizontal para melhorar o desempenho. A expansão vertical se refere ao acréscimo de recursos (processos, programas etc.) a um único dispositivo de computação. A expansão horizontal se refere ao acréscimo de hardware (como servidores) ao sistema. Para encontrar a pilha de tecnologia que possa se expandir sem desmoronar, considere estas perguntas:

  • A pilha de tecnologia se expandirá para atender aos requisitos de desempenho?
  • Será fácil fazer a expansão horizontal?
  • Como é a expansão vertical em comparação a outras opções?

A tecnologia é segura?

No desenvolvimento do projeto, a segurança sempre deve ser uma preocupação. Os usuários autorizados devem ter fácil acesso ao que precisam, mas os bisbilhoteiros, não. Considere o seguinte ao procurar soluções de segurança:

  • Gerenciamento de identidades e acesso e controle de acesso baseado na função
  • Prevenção de intrusões
  • Prevenção de perda de dados

Envolve terceirizados?

Se seus produtos e serviços forem hospedados por um serviço de nuvem terceirizada, a pilha de tecnologia precisa ser compatível com a tecnologia deles para que a implementação e as atualizações ocorram sem problemas.

A tecnologia está bem documentada?

É comum ouvirmos que ninguém lê a documentação. Porém, a documentação pode transformar uma boa ferramenta de arquitetura de software em excelente, pois oferece mais informações, exemplos, cenários e outros detalhes que facilitam conhecê-la e usá-la. Por outro lado, as melhores bibliotecas e estruturas do mundo seriam inúteis se ninguém soubesse usá-las.

A documentação deve ser clara, concisa e fácil de o público-alvo usar e entender.

Também é muito importante documentar tudo o que você cria com a pilha de tecnologia escolhida. Não deixe que essas informações importantes fiquem apenas dentro da cabeça de alguém. Documente tudo para que as informações não sejam perdidas quando as pessoas passarem para outras oportunidades. O Lucidscale é uma ótima ferramenta para documentar e ver automaticamente sua arquitetura de nuvem.

Evolução da pilha de tecnologia

A tecnologia muda constantemente. Portanto, não é surpresa quando a pilha de tecnologia precisa ser atualizada periodicamente para acompanhar a evolução. Às vezes, a mudança é drástica, exigindo uma revisão completa ou até tendo que, por exemplo, trocar a tecnologia legada obsoleta. Porém, na maioria das vezes, as mudanças são mais sutis, com uma melhoria aqui ou ali. De qualquer forma, esteja sempre preparado para fazer as alterações necessárias.

Use o Lucidscale para filtrar e ver áreas críticas do seu diagrama de arquitetura e focar os detalhes importantes da nuvem.

Saiba mais

Start diagramming with Lucidchart today—try it for free!

Sign up free

Sign up to get the latest Lucidchart updates and tips delivered to your inbox once a month.

Subscribe to our newsletter

About Lucidchart

Lucidchart is the intelligent diagramming application that empowers teams to clarify complexity, align their insights, and build the future—faster. With this intuitive, cloud-based solution, everyone can work visually and collaborate in real time while building flowcharts, mockups, UML diagrams, and more.

The most popular online Visio alternative, Lucidchart is utilized in over 180 countries by millions of users, from sales managers mapping out target organizations to IT directors visualizing their network infrastructure.

PrivacyLegalCookies
  • facebook
  • twitter
  • YouTube
  • linkedIn
  • Glassdoor

© 2022 Lucid Software Inc.