Diagram Illustration

Conteúdo

UML é extremamente útil para visualizar e documentar sistemas de software, no entanto, a terminologia pode ser um pouco assustadora para pessoas pouco familiarizadas com UML. Um diagrama de atividade é essencialmente um fluxograma que mostra as atividades executadas por um sistema. Se você nunca trabalhou com software de criação de diagramas UML, este guia lhe ensinará noções básicas.

O que é um diagrama de atividades?

A Linguagem de modelagem unificada inclui diversos subconjuntos de diagramas, incluindo diagramas de estrutura, de interação e de comportamento. Diagramas de atividade, junto com diagramas de caso de uso e de máquina de estados, são considerados diagramas de comportamento porque descrevem o que é necessário acontecer no sistema sendo modelado.

As partes interessadas lidam com muitas questões, portanto, é importante se comunicar com clareza e concisão. Diagramas de atividade ajudam a unir as pessoas das áreas de negócios e de desenvolvimento de uma organização para entender o mesmo processo e comportamento. Para criar um diagrama de atividade, é necessário um conjunto de símbolos especiais, incluindo aqueles para dar partida, encerrar, fundir ou receber etapas no fluxo — o qual abordaremos de forma mais aprofundada neste guia de diagramas de atividade.

 

Benefícios de diagramas de atividade

Diagramas de atividade oferecem uma série de benefícios para os usuários. Considere criar um diagrama de atividade para:

  • Demonstrar a lógica de um algoritmo.

  • Descrever as etapas realizadas em um caso de uso UML.

  • Ilustrar um processo de negócio ou fluxo de trabalho entre usuários e o sistema.

  • Simplificar e melhorar qualquer processo ao esclarecer casos de uso complicados.

  • Modelar elementos de arquitetura de software, como método, função e operação.

Componentes básicos de um diagrama de atividade

Antes de criar um diagrama de atividade, é necessário primeiro entender sua composição. Alguns dos componentes mais comuns de um diagrama de atividade incluem:

  • Ações: uma etapa da atividade em que o usuário ou software realiza uma determinada tarefa. No Lucidchart, ações são simbolizadas por retângulos de cantos arredondados.

  • Nó de decisão: um ramo condicional no fluxo representado por um diamante. Inclui uma única entrada e duas ou mais saídas.

  • Fluxos de controle: outro nome dado aos conectores que mostram o fluxo entre as etapas no diagrama.

  • Nó inicial: simboliza o início da atividade. É representado por um círculo preto.

  • Nó final: representa a etapa final da atividade. É representado por um círculo preto delineado.

Símbolos de diagramas de atividade

Estas formas e estes símbolos de diagramas de atividade são alguns dos tipos mais comuns que você encontrará em diagramas UML.

 

Símbolo Nome Descrição

símbolo de início

Símbolo de início

Representa o começo de um processo ou fluxo de trabalho em um diagrama de atividade. Ele pode ser usado por si só ou com um símbolo de nota que explica o ponto de partida.

símbolo de atividade

Símbolo de atividade

Indica as atividades que compõem um processo modelado. Estes símbolos, que incluem descrições breves dentro da forma, são os principais componentes de um diagrama de atividade.

Símbolo de conector

Símbolo de conector

Mostra o fluxo de direção, ou fluxo de controle, da atividade. Uma seta de entrada inicia um passo de uma atividade. Uma vez concluído o passo, o fluxo continua com a seta de saída.

símbolo de junta

Símbolo de junta / Barra de sincronização

Combina duas atividades simultâneas e as reintroduz em um fluxo onde apenas uma atividade ocorre por vez. Representado por uma linha espessa vertical ou horizontal.

símbolo de garfo

Símbolo de garfo

Divide um único fluxo de atividade em duas atividades simultâneas. É simbolizado com várias linhas com setas de uma junção. 

Símbolo de decisão

Símbolo de decisão

Representa uma decisão e sempre tem pelo menos dois caminhos ramificados e com texto de condição, permitindo aos usuários visualizarem opções. Este símbolo representa a ramificação ou fusão de diferentes fluxos, com o símbolo atuando como um quadro ou contêiner.

Símbolo de nota

Símbolo de nota

Permite aos criadores ou colaboradores do diagrama comunicar mensagens adicionais que não se encaixam dentro do próprio diagrama. Deixe observações para uma maior clareza e especificação.

símbolo de enviar sinal

Símbolo de enviar sinal

Indica que um sinal está sendo enviado a uma atividade recebedora.

símbolo de receber sinal

Símbolo de receber sinal

Demonstra a aceitação de um evento. Após o evento ser recebido, o fluxo que vem desta ação é concluído.

símbolo de história rasa pseudoestado

Símbolo de história rasa pseudoestado

Representa uma transição que invoca o último estado ativo.

símbolo de opção em loop

Símbolo de opção em loop

Permite ao criador modelar uma sequência repetitiva dentro do símbolo de opção em loop.

símbolo de final de fluxo

Símbolo de final de fluxo

Representa o final de um fluxo de processo específico. Este símbolo não deve representar o fim de todos os fluxos em uma atividade. Nesse caso, use o símbolo de término. O símbolo final do fluxo deve ser colocado no final de um processo em um fluxo único de atividade.

texto de condição

Texto de condição

É colocado ao lado de um marcador de decisão para avisar em qual condição um fluxo de atividade deve se separar nesse sentido.

símbolo de término

Símbolo de término

Marca o estado final de uma atividade e representa a conclusão de todos os fluxos de um processo.

Exemplos de diagramas de atividade

Diagramas de atividade mapeiam fluxos de processos de maneira fácil de entender. Considere os dois exemplos abaixo quando se trata de criar diagramas de atividade UML.

Diagrama de atividade para uma página de login

Muitas das atividades que as pessoas querem realizar on-line — acessar e-mail, administrar suas finanças, comprar roupas etc. — as obriga a fazer login em um site. Este diagrama de atividade mostra o processo de fazer login em um site, desde a inserção de nome de usuário e senha até entrar no sistema com sucesso. O diagrama utiliza diferentes formas de contêiner para atividades, decisões e notas. O Lucidchart é a ferramenta ideal para criar qualquer tipo de fluxograma UML, seja um diagrama de atividade, um diagrama de caso de uso ou um diagrama de componentes. O Lucidchart oferece ferramentas de colaboração no próprio editor do software e publicação instantânea na web para que você possa demonstrar a funcionalidade de seu sistema para os outros.

exemplo de diagrama de atividade

Clique aqui para usar este modelo

Diagrama de atividade para um sistema bancário

Este diagrama mostra o processo de saque ou depósito de dinheiro em uma conta bancária. A vantagem de representar o fluxo de trabalho visualmente em UML é a possibilidade de exibir saques e depósitos em um único gráfico. Ao usar o Lucidchart para criar um diagrama de atividade, você pode personalizar seus templates com fontes e cores profissionais. Com o armazenamento seguro e baseado em nuvem, você nunca precisará se preocupar em perder seus documentos.

template de diagrama de atividade

Clique aqui para usar este modelo

Como criar um diagrama de atividades

No Lucidchart, é surpreendentemente simples criar um diagrama de atividade do zero. Siga estes passos:

  1. Abra um documento em branco ou comece com um template.

  2. Clique em “Formas” à esquerda do editor para abrir o gerenciador de bibliotecas de formas. Marque “UML” para adicionar todas as bibliotecas de formas UML (ou somente “estado/atividade UML”) e clique em “Salvar”.

  3. A partir das bibliotecas de formas que você acabou de adicionar, arraste o símbolo de sua preferência da caixa de ferramentas para a tela de desenho.

  4. Em seguida, desenhe linhas entre as formas para modelar o fluxo de processo.

No Lucidchart, é fácil redimensionar e estilizar qualquer elemento. É possível também importar formas SVG e arquivos do Visio para criar uma solução personalizada. Aprofunde-se com este guia sobre como criar um diagrama de atividade em UML para saber mais. Se você gostaria de saber mais sobre UML, confira nosso tutorial “O que é UML”.