Tutorial de diagrama de implementação

O que é um diagrama de implementação em modelagem UML?

A linguagem de modelagem unificada (UML) é a linguagem padrão que muitos engenheiros de software e empresários utilizam para analisar amplas visões gerais de sistemas complexos. Um diagrama de implementação é um tipo de diagrama nesta linguagem.

Após revisar esta página, será possível desenhar seu próprio diagrama de implementação com o Lucidchart, um editor gratuito de criação de gráficos que produz diagramas distintos e perfeitos.

Fazer demonstração agora
Cadastre‐se Gratuitamente

O que é um diagrama de implementação?

No contexto da linguagem de modelagem unificada (UML), um diagrama de implantação se encaixa na família de diagramação estrutural e descreve um aspecto do sistema em si. Neste caso, o diagrama de implementação descreve a implementação física de informações geradas pelo programa de software em componentes de hardware. A informação gerada pelo software é chamada de artefato. Não se deve confundir este com o uso do termo em outras abordagens de modelagem como BPMN.

Os diagramas de implementação são feitos de várias formas de UML. As caixas tridimensionais conhecidas como nódulos, representam os elementos básicos de software ou hardware, ou nódulos no sistema. As linhas de nódulo a nódulo indicam relacionamentos e as formas menores contidas dentro das caixas representam os artefatos de software empregados.


Exemplo de diagrama de implementação

exemplo de diagrama de implementação

Este exemplo mostra um diagrama básico de implementação do Lucidchart. Há um servidor web, um servidor de banco de dados e o aparelho do usuário de onde é visualizado o site. É possível deixar bem mais complicado que isso, mostrando as diferentes partes do servidor web e como o Javascript funciona no UsuárioCliente, porém este exemplo só dá uma ideia de como a implementação se parece ao usarmos a notação UML.


Aplicações do diagrama de implementação

Os diagramas de implementação possuem várias aplicações de grande valor. Eles podem ser usados para:

  • Mostrar quais elementos de software são empregados por quais elementos de hardware.
  • Ilustrar o processamento do tempo de execução do hardware.
  • Propiciar uma visão da topologia do sistema do hardware.

Símbolos do diagrama de implementação e notação

Nódulos (Nós)

nódulo (nó) do diagrama de implementação

Há dois tipos de nódulos (nós) em um diagrama de implementação. O primeiro são recursos de computação de nódulos do aparelho que possuem capacidades de processamento e a habilidade de executar programas. Alguns exemplos de nódulos de aparelho são um PC, laptop ou celular. O segundo tipo de nódulo é chamado de nódulo de ambiente de execução ou EEN. Um EEN é qualquer sistema de computação que resida dentro de um nódulo do aparelho. Pode ser um sistema operacional, um JVM ou outro "servlet container" (servidorzinho).

Base de dados

Representa qualquer dado armazenado pelo sistema empregado. No exemplo, o banco de dados é representado apenas como um outro nódulo, porém, às vezes você verá esta forma representando um banco de dados.

Outras formas

  • Caminho da comunicação Uma linha reta que representa a comunicação entre dois nódulos de aparelho.
  • Artefatos Uma caixa com o cabeçalho "<<artefato>>" e o nome do arquivo.
  • Pacote Um pacote é uma caixa em forma de arquivo que agrupa todos os nódulos de aparelhos para encapsular toda a implementação.
  • Componente a notação UML para componente será a mesma aqui, assim como na seção do diagrama de componente.

Elementos do diagrama de implementação

Os diagramas de implementação são constituídos por uma variedade de formas. Esta lista oferece uma visão geral dos elementos básicos que podem ser encontrados. É possível ver a maioria deste itens ilustrados na imagem abaixo.

  • Artefato - um produto desenvolvido pelo software, simbolizado por um retângulo com o nome e a palavra "artefato" entre setas duplas.
  • Associação - uma linha que indica uma mensagem ou outro tipo de comunicação entre nódulos.
  • Componente - um retângulo com duas abas que indica um elemento de software.
  • Dependência - uma linha pontilhada finalizada em uma seta que indica que um nódulo ou componente é dependente de um outro.
  • Interface - um círculo que indica uma relação contratual. São aqueles objetos que notam que a interface deve completar algum tipo de obrigação.
  • Nódulo (nó) - um objeto de hardware ou software mostrado por uma caixa tridimensional.
  • Nódulo como contêiner - um nódulo que contém um outro nódulo dentro, tal como no exemplo abaixo, onde os nódulos contêm componentes.
  • Estereótipo - um aparelho contido dentro de um nódulo, apresentado na parte superior do nódulo, com o nome entre setas duplas.
O que é um diagrama de implementação em modelagem UML?

Diretrizes do diagrama de implementação

Use o software para UML de Lucidchart para construir diagramas de implementação. Enquanto isso, você pode se entregar à leitura de algumas diretrizes gerais de criação de um diagrama de implementação, se perguntando os seguintes pontos:

  1. Você conseguiu identificar o escopo do seu sistema? - Você deve saber se está diagramando um aplicativo único ou diagramando a implementação em toda uma rede de computadores por exemplo.
  2. Certifique-se de ter considerado as limitações de seu hardware físico.- Com quais sistemas legados você precisará interagir? Certifique-se de que conhece o software em operação e os protocolos com os quais trabalhará e qual sistema de monitoração será adotado.
  3. Qual arquitetura de distribuição você está usando?Você deverá saber as respostas destas perguntas:
    • Quantas camadas (tiers) seu aplicativo terá?
    • Qual é o aplicativo que você implementará?
  4. Você possui todos os nódulos necessários? Você sabe como eles todos estão conectados?
  5. Você sabe quais componentes estarão em quais nódulos?

Recursos do diagrama de implementação

Use o Lucidchart para colaborar e criar diagramas de UML ao criar uma conta gratuita hoje! Sem a necessidade de plugins ou download.

Cadastre-se