Mapa conceitual: como fazer um em 5 passos simples

Tempo de leitura: cerca de 5 minutos

Tópicos:

    Criar mapas conceituais é como fazer um brainstorming com um propósito. Você começa com um conceito mais amplo e depois vai dividindo em partes menores, usando setas e palavras para demonstrar a conexão entre as ideias. Muito comuns na área da educação, os mapas conceituais são úteis em qualquer campo, pois impulsionam o pensamento criativo e visual.

    Veja mais informações sobre quando usar mapas conceituais no nosso guia sobre mapas conceituais.

    O mapa conceitual ajuda a entender melhor temas complexos, ver o panorama completo e descobrir novas conexões com uma abordagem colaborativa e visual. Com as formas de arrastar e soltar, as linhas flexíveis e a colaboração em tempo real do Lucidchart, você pode se aprofundar em qualquer conceito e criar mapas em um piscar de olhos.

    Modelo de mapa conceitual básico (clique na imagem para fazer alterações online)

    Continue lendo para saber como desenhar um mapa conceitual para se comunicar, resolver problemas e fazer brainstorm com mais eficiência.

    Cinco passos fáceis para desenhar um mapa conceitual

    1. Selecionar o meio para criar o mapa conceitual

    Muitas pessoas usam papel e caneta ou um quadro branco porque isso é o que está à mão, mas não é fácil guardar os rabiscos em um quadro branco ou transformar um diagrama feito à mão em uma apresentação com visual profissional. 

    O Lucidchart, um espaço de trabalho visual online, tem a vantagem de salvar seu trabalho em formato digital. Por isso, é fácil compartilhar, editar e fazer ajustes nos diagramas. Além disso, é possível acessar esses diagramas em qualquer aparelho com internet.

    2. Criar um Conceito Principal

    Qualquer que seja a mídia escolhida, o próximo passo será definir a ideia principal a detalhar. Se você não sabe por onde começar, experimente identificar uma parte do texto, uma atividade em sala de aula ou um problema difícil que precise ser resolvido. 

    Pode ser útil criar uma pergunta, chamada de questão central, que especifique claramente o problema que o mapa conceitual ajudará a resolver. O mapa conceitual sempre voltará a essa questão e sua resposta.

    3. Identificar os Principais Conceitos

    Agora que você já escolheu um conceito principal, o próximo passo é registrar os conceitos associados. Faça uma lista de ideias relacionadas e classifique-as das mais gerais às mais específicas. Essa lista também é conhecida como estacionamento, porque é lá que as ideias aguardam até passar para o mapa. Ela deve ter entre 15 e 25 conceitos principais. 

    Descreva cada conceito o mais brevemente possível; geralmente uma ou duas palavras por ideia são suficientes. Manter as descrições concisas impedirá que o mapa fique "inchado" ou cheio de textos.

    4. Organizar Formas e Linhas

    Ordene cada um dos conceitos em um formato hierárquico, com as ideias mais gerais no topo do mapa, abaixo do conceito principal, e as mais específicas na parte inferior. O mapa conceitual tomará forma quando você for conectando as formas com linhas e definindo o local correto para cada ideia. 

    Os mapas conceituais costumam ter textos ou palavras de ligação em cada linha para explicar a relação entre um conceito geral e os outros mais específicos. O texto pode incluir um verbo específico, como "fornece" ou "engloba".

    Depois de criar este mapa conceitual preliminar com os links básicos, adicione links cruzados para ilustrar as relações entre conceitos com o mesmo nível de especificidade.  

    5. Ajustar o Mapa

    Conforme for adicionando links a cada conceitos, analise cuidadosamente as relações ilustradas. Pense em perguntas como:

    • Cada elemento se encaixa bem em seu respectivo lugar?
    • Há uma posição melhor para esta ideia ou grupo de ideias?
    • Posso usar uma palavra de ligação mais precisa para representar essa relação?

    Essas perguntas ajudarão a melhorar seu desempenho cognitivo e a desafiar o seus conhecimentos sobre qualquer assunto.

    Lembre-se de que este é um mapa preliminar que provavelmente precisará ser revisado. O Lucidchart simplifica a reorganização de formas na página, adiciona notas e comentários complementares e aplica um estilo atraente ao diagrama.

    Com o Lucidchart, é fácil criar mapas conceituais organizados e outros diagramas especializados direto em um navegador. Faça um teste gratuito e veja em primeira mão!

    Exemplos de mapas conceituais

    Confira alguns exemplos do que você pode fazer com o Lucidchart. Use um destes modelos como inspiração ou ponto de partida para os seus mapas conceituais.

    Exemplo de mapa conceitual de enfermagem (clique na imagem para fazer alterações online)
    Exemplo de mapa conceitual de recursos humanos (clique na imagem para fazer alterações online)
    Exemplo de mapa conceitual de aranha (clique na imagem para fazer alterações online)

    Como criar um mapa conceitual no Google Workspace

    Às vezes, é necessário incluir um mapa conceitual em um caso de negócios, uma apresentação escolar ou outros documentos. Como o Lucidchart está integrado ao Google Workspace, é fácil inserir um mapa conceitual em Documentos, Planilhas e Slides Google. Saiba como fazer um mapa conceitual no Documentos Google com a nossa extensão gratuita.

     

    Como fazer um mapa conceitual no Microsoft Office

    Quem não usa o Google Workspace pode aproveitar os mesmos benefícios, pois o Lucidchart também está integrado ao Microsoft Office. Importe os mapas conceituais e use o Excel para dar contexto aos dados, o Word para caprichar no visual e o PowerPoint para incluir diagramas atualizados. Saiba como fazer um mapa conceitual no Microsoft Word com a nossa extensão gratuita.

     

    Siga estes passos simples e use as integrações do Lucidchart para criar mapas conceituais que simplificam a sua vida. Assim, você terá mais tempo para solucionar problemas, aprimorar processos ou colocar suas ideias em ação.

    Que tal aumentar o nível dos seus mapas conceituais com o Lucidchart?

    Veja como

    Lucidchart

    O Lucidchart, um aplicativo de diagramação inteligente que roda na nuvem, é um componente central da Suíte de colaboração visual da Lucid Software. Essa solução intuitiva de nuvem oferece às equipes a possibilidade de colaborar em tempo real para criar fluxogramas, mockups, diagramas UML, mapas de jornada do cliente e muito mais. O Lucidchart impulsiona as equipes para uma construção mais ágil do futuro. A Lucid tem orgulho de atender às principais empresas de todo o mundo, incluindo clientes como Google, GE e NBC Universal, e 99% das empresas da Fortune 500. A Lucid faz parceria com líderes do setor, como Google, Atlassian e Microsoft. Desde a inauguração, a Lucid recebeu vários prêmios por seus produtos e negócios e pela cultura no local de trabalho. Veja mais informações em lucidchart.com.

    Artigos relacionados

    Comece a diagramar com o Lucidchart hoje mesmo — gratuitamente!

    Cadastre‐se gratuitamente

    ou continuar com

    Fazer login com GoogleFazer loginFazer login com MicrosoftFazer loginFazer login com SlackFazer login

    Iniciar

    • Preços
    • Individual
    • Equipe
    • Empresa
    • Falar com área de vendas
    PrivacidadeJurídicoCookies

    © 2024 Lucid Software Inc.