gráficos de oferta e demanda

Visão geral do gráfico curva de oferta e demanda

Reading time: about 8 min

Posted by: Lucid Content Team

Em 1998, os aparelhos de HDTV foram disponibilizados pela primeira vez aos consumidores americanos. As imagens eram surpreendentes, assim como os preços - Entre US$ 5 mil e US$ 15 mil, em média. 

Após 21 anos, a HDTV custa, em média, menos de US$ 500. O que mudou?

Uma resposta simplista seria a oferta e a demanda.

Há 21 anos, ninguém produzia HDTV em massa. As primeiras TVs disponíveis ao público eram caríssimas porque os componentes necessários eram mais caros do que o previsto pelos fabricantes. Portanto, era difícil estimar quanto custaria fabricá-las e quanto cobrar para vendê-las.

A Panasonic lançou um estoque limitado de aparelhos para algumas lojas na costa oeste. Uma delas, a Dow Stereo/Video, em San Diego, informou que 15 mil pessoas visitaram a loja no primeiro fim de semana. O estoque de 30 TVs da Dow rapidamente se esgotou.

A maioria dessas 15 mil pessoas só ficou curiosa para ver a HDTV e não pretendia comprar o aparelho. No entanto, o fato de os primeiros 30 aparelhos de HDTV se esgotarem tão rapidamente - mesmo custando US$ 5.500 mais os US$ 1.700 pelo decodificador para receber os sinais digitais - indicava que havia uma demanda.

Na hora de determinar o preço certo dos produtos e a quantidade necessária para satisfazer a demanda, sua empresa pode usar os gráficos de oferta e demanda. Saiba mais sobre como funciona esse princípio econômico.

Explicando oferta e demanda

O que é oferta e demanda? De modo simples, oferta e demanda é quando os preços são baixos porque há muitos produtos disponíveis para compra; e, quando a oferta é escassa, os preços sobem, e a demanda diminui.

Portanto, a lei da oferta e demanda pode ser resumida como a relação entre a demanda por um produto ou serviço, a oferta desse produto ou serviço e o preço que os consumidores se dispõem a pagar.

Qual o significado de oferta e demanda?

Para entender o que é curva de demanda, você precisa entender a lei da demanda. 

A demanda explica como um mercado é guiado pelos consumidores, cujas decisões se baseiam principalmente em quanto dinheiro eles ganham e se há um produto similar a um preço mais baixo. Se o preço baixar, os consumidores compram mais produtos. Quando o preço aumenta, a expectativa é os consumidores comprarem menos itens ou trocarem por produtos similares mais baratos.

Em 1998, a oferta de HDTV era muito limitada, assim como a demanda, gerada principalmente pelos pioneiros que tinham milhares de dólares para pagar por um sistema de entretenimento doméstico. No entanto, como a oferta limitada se esgotou rapidamente, mais fabricantes resolveram produzir as próprias versões da HDTV para conquistar uma fatia do mercado. Mais produtos levaram a preços mais baixos e mais demanda do consumidor.

E o que uma curva de demanda ilustra? Ela é a representação visual da lei da demanda. O exemplo a seguir é uma simplificação da relação entre a oferta, a demanda e o preço das primeiras HDTVs em 1998.

exemplo de curva de demanda

Exemplo de curva de demanda: neste exemplo, uma loja vendeu 30 HDTVs em uma semana a US$ 5.500. Num esforço para vender mais aparelhos na semana seguinte, a loja ofereceu US$ 500 de desconto e vendeu 60 aparelhos.

O que é curva de oferta?

Se a demanda é guiada pelos consumidores, a lei da oferta é guiada pelos fabricantes e vendedores e o desejo deles de faturar. Oferta é a quantidade de produtos que os fabricantes disponibilizam aos vendedores e a quantidade que os vendedores disponibilizam ao consumidor a um preço específico durante um período específico. 

Hoje é possível comprar uma TV de tela plana maior e com imagem melhor do que a de 1998 por menos de US$ 500. Isso porque há mais pessoas envolvidas, os custos de produção caíram, e a fabricação é mais eficiente. Com isso, ficou muito mais fácil levar mais produtos ao consumidor.

Os fornecedores precisam cuidar para não exagerar na oferta do produto e, assim, não saturar o mercado. Se os preços caem, os lucros diminuem. Além disso, o preço mais baixo pode ter um impacto negativo, pois os consumidores veem itens menos caros como de baixa qualidade.

Curva de oferta é a representação visual da lei da oferta. O gráfico curva de oferta a seguir mostra a relação entre a oferta, a demanda e o preço das HDTVs modernas.

exemplo de curva de oferta

Exemplo de curva de oferta: neste exemplo, a HDTV de 50 polegadas é vendida por US$ 475. À medida que a demanda por esses modelos específicos aumenta, o fabricante fornece mais ao vendedor para atender à demanda. Visando ao lucro, o vendedor aumenta o preço para US$ 500 enquanto a demanda continua alta. Quando o preço aumenta novamente, a demanda estaciona e pode começar a diminuir, levando ao excedente de oferta.

Equilíbrio entre oferta e demanda

Ao juntarmos os gráficos de demanda e de oferta, as curvas se cruzam. Essa interseção serve para determinar o preço de equilíbrio, que representa o ponto em que a oferta do produto é igual à demanda dele.

O exemplo de gráfico de equilíbrio de oferta e demanda abaixo identifica o ponto no qual o preço do produto e o preço que os consumidores estão dispostos a pagar são iguais - é onde a oferta e a demanda ficam estáveis.

exemplo de preço de equilíbrio

Exemplo de curva de oferta: neste exemplo, as linhas da curva de oferta e da curva de demanda indicam que o preço de equilíbrio da HDTV de 50 polegadas é US$ 500. Preços muito acima de US$ 500 podem diminuir a demanda e levar ao excedente do produto. Preços muito abaixo de US$ 500 podem aumentar a demanda e levar à escassez de produtos.

O bom é manter a oferta do produto e os preços os mais próximos possível do equilíbrio para evitar o excedente ou a escassez da mercadoria. 

O excedente ocorre quando o preço é alto demais. Isso reduz os lucros, pois a demanda diminui, e os consumidores deixam de comprar o produto. Algumas pessoas procuram um substituto ou alternativas mais baratas para o produto; ou simplesmente param de comprar. A fim de eliminar o excedente, os vendedores reduzem os preços para motivar os consumidores a voltarem a comprar.

A escassez pode ocorrer quando a demanda supera a oferta, ou seja, quando o preço é baixo demais. Os fabricantes podem ter dificuldade em produzir o suficiente para acompanhar a demanda. No entanto, a escassez aumenta o preço à medida que os consumidores competem para comprar o produto. Às vezes, os fabricantes retêm deliberadamente o produto para criar uma demanda que aumente os preços.

Elasticidade do preço

Nem todos os produtos se comportam da mesma forma com as flutuações de oferta e demanda. Alguns são mais sensíveis às mudanças no preço do que outros.

Por exemplo: todo mundo precisa comer para viver. Uma geada antecipada ou uma seca pode elevar o preço dos alimentos, mas as pessoas ainda comprarão comida. Talvez não tanto quanto o normal, ou talvez optem por alternativas mais baratas e de menos qualidade; mas, ainda assim, comprarão alimentos.

Por outro lado, se o custo dos componentes da HDTV subir e fazer o preço da TV aumentar além do que as pessoas querem pagar, é provável que elas não comprem uma nova TV.

O efeito que a demanda tem no preço se chama "elasticidade do preço do produto". Se a mudança do preço de um produto causar mudanças substanciais na demanda e na oferta, então esse produto é elástico. Se as mudanças no preço de um produto não afetarem muito a demanda, então esse produto é inelástico.

Nos exemplos acima, os alimentos essenciais para a vida são inelásticos, pois as pessoas precisam comer para sobreviver. Talvez elas deem um tempo nos doces e biscoitos, mas sempre comprarão o necessário para viver.

Quando o preço de um item de luxo ou não essencial, como a HDTV, aumenta demais, isso afeta muito a demanda, pois os consumidores decidem esperar por um novo aparelho ou acabam não comprando uma nova TV. É bom ter eletrônicos domésticos, mas eles são produtos muito elásticos, pois não precisamos comprá-los, e é muito provável que ninguém tenha morrido por não ver TV o bastante.

Comece um gráfico curva de oferta e demanda

Os preços dos produtos são determinados pela demanda do consumidor e pela quantidade de bens que os fornecedores disponibilizam. O encontro das duas curvas determina o preço que equilibra a oferta e a demanda. Use o Lucidchart para criar um gráfico de oferta e demanda e, assim, tomar decisões melhores e mais rápidas sobre os preços.

Ao entender a relação entre a demanda, a oferta e o preço de equilíbrio, você analisa com mais eficácia o seu mercado atual ou no qual deseja entrar. Isso ajuda você a alocar recursos e a economizar mais.

O Lucidchart mostra claramente os seus dados e dá a você insights importantes. Comece hoje mesmo - é grátis.

Cadastre-se já

Start diagramming with Lucidchart today—try it for free!

Sign up free

Sign up to get the latest Lucidchart updates and tips delivered to your inbox once a month.

Subscribe to our newsletter

About Lucidchart

Lucidchart is the intelligent diagramming application that empowers teams to clarify complexity, align their insights, and build the future—faster. With this intuitive, cloud-based solution, everyone can work visually and collaborate in real time while building flowcharts, mockups, UML diagrams, and more.

The most popular online Visio alternative, Lucidchart is utilized in over 180 countries by millions of users, from sales managers mapping out target organizations to IT directors visualizing their network infrastructure.

PrivacyLegalCookies
  • facebook
  • twitter
  • YouTube
  • linkedIn
  • Glassdoor

© 2022 Lucid Software Inc.