planejamento de lançamento ágil

O que é e como fazer um release planning dentro do método ágil

Reading time: about 6 min

Posted by: Lucid Content Team

Um plano bem elaborado é a base de um projeto bem-sucedido. O release planning é como um mapa do projeto, e fornece contexto e direcionamento sobre as metas, visão e expectativas do produto. Segundo um relatório publicado pelo PMI (Project Management Institute), o fator mais comum entre projetos fracassados é a falta de metas bem definidas, portanto, para gerentes de produtos, é fundamental fazer uma fase de planejamento corretamente.

Muitas vezes, gerentes de produtos e suas equipes ficam sobrecarregados com softwares pesados, reuniões longas e coleções de dados díspares, resultando em falhas de comunicação, perda de tempo e uma alocação ineficiente de recursos.

Nessas condições, fica fácil entender como tantos projetos não possuem foco e clareza. Na melhor das hipóteses, haverá frustrações e dores de cabeça; na pior, as releases de produtos vão estourar o orçamento, extrapolar o prazo e ter um desempenho fraco.

Bem, como os gerentes de produtos podem incorporar o release planning Scrum para suas equipes serem bem-sucedidas? Mostraremos os elementos de um mapa de release de produto bem-sucedido.

exemplo de release planning
Exemplo de release planning (clique na imagem para modificar on-line)

O que é release planning?

O release planning é uma forma de gerenciamento de produtos que leva em conta a natureza intangível e flexível do desenvolvimento de software. Nessa abordagem, as equipes planejam sprints iterativos para releases incrementais.

Ou seja, em vez de tentar desenvolver todos os recursos propostos em um único projeto grande e rigoroso, o ciclo de vida de desenvolvimento de software Ágil divide o processo de desenvolvimento em fases chamadas de releases. Portanto, as releases são essencialmente períodos de tempo reservados para trabalhar em um escopo limitado do projeto geral. Um release planning mapeia como e quando os recursos (ou funcionalidades) serão lançados e entregues ao usuário.

Ao programar um projeto por meio de releases, gerentes de produtos podem gerenciar melhor as restrições do projeto e se adaptar às necessidades ou dificuldades que surgem durante a fase de desenvolvimento e, ao mesmo tempo, produzir entregas frequentes de produtos para o usuário final.

Os elementos de um mapa de release de produto

Apesar do nome, o release planning é altamente estruturado. Cada passo é cuidadosamente organizado e mensurado para criar calendários de projetos bem elaborados para as equipes seguirem.

Os mapas de releases variam ligeiramente entre as empresas, mas seus elementos gerais incluem:

  • A(s) release(s) proposta(s) para o projeto
  • Os planos para cada release
  • Iterações subsequentes para a(s) release(s)
  • Os planos para cada iteração
  • Desenvolvimento de recursos em uma iteração
  • Tarefas individuais necessárias para entregar um recurso

Esse nível de planejamento, junto com um cronograma iterativo para incorporar a natureza dinâmica do software, é o que faz o desenvolvimento de produtos Ágil tão importante.

O cronograma de release iterativo permite às equipes fazerem correções ao longo do caminho sem prejudicar o projeto como um todo, enquanto um roadmap detalhado e o foco na fase de planejamento garantem o alinhamento dos envolvidos.

Como criar um release planning

Para criar um release planning Scrum bem-sucedido, siga os quatro passos básicos abaixo.

Passo 1: defina sua visão

Um dos passos mais importantes do processo de planejamento é definir a visão do seu produto. Essa visão orientará as decisões sobre quais recursos devem ser priorizados, onde concentrar esforços e recursos e como se adaptar se o projeto exigir ajustes durante seu desenvolvimento.

Talvez seja necessário conversar com a diretoria ou outras partes interessadas de alto nível para garantir que sua visão está alinhada com o mercado e com os objetivos gerais da empresa.

Passo 2: classifique o backlog do produto

Em seguida, avalie o backlog do produto e classifique seus recursos. Use a visão do produto, bem como as contribuições das partes interessadas para determinar as prioridades do produto e mapear as histórias do usuário. Histórias do usuário são descrições da funcionalidade (ou recurso) proposta e focada no usuário.

Durante esse passo, o gerente de produtos deve criar um plano básico de release ou roadmap do Scrum contendo o objetivo da release, a data da release e as histórias do usuário classificadas.

Passo 3: organize uma reunião de release planning

Depois de criar a visão geral do produto e o mapa de releases, é hora de fazer uma reunião de release planning Scrum com todas as partes interessadas para avaliar o plano proposto, acrescentar ou editar elementos do plano conforme necessário e alinhar as entregas do produto.

Esse passo garantirá o alinhamento de todos em relação à estratégia e colaboração antes de efetivamente iniciar o projeto.

Ainda não criou um roadmap de produto? Veja como criar um e articular a visão de longo prazo da sua empresa.

Ler mais

Uma agenda básica inclui as seguintes ações.

Avalie o roadmap

O primeiro item na agenda da reunião é avaliar a visão e o roadmap do produto para confirmar que todos entendem o objetivo geral do produto.

Avalie a arquitetura

Em seguida, as partes interessadas devem avaliar a arquitetura e os detalhes técnicos da release. Este é o momento para conversar sobre novas informações que possam afetar as estimativas e o escopo do release planning, incluindo dependências, suposições ou lacunas.

Avalie a velocidade e o cronograma das iterações

Apresente a velocidade estimada — normalmente com base em projetos ou iterações realizadas no passado — junto com o cronograma de iteração proposto.

Cada história do usuário recebe pontos com base em quanto esforço ou trabalho é necessário para concluir as tarefas associadas. O gerente de produtos calcula a velocidade adicionando todos os pontos da história do usuário em um sprint (ou release). O resultado é uma estimativa aproximada da rapidez com que a equipe poderá concluir essa iteração. Em seguida, você pode criar um cronograma de iterações com base na velocidade da equipe Scrum.

O cronograma das iterações descreve quanto trabalho será incluído em uma release específica (ou seja, o escopo da release) e como o trabalho será distribuído entre a equipe. Avalie os principais marcos e eventos e confirme a programação em grupo.

Estabeleça uma “Definição de concluído” para a release

Em grupo, avalie e decida sobre a “Definição de concluído” para qualquer release. Ou seja, quais são os critérios de aceitação em todas as histórias do usuário da release?

Quando todas as condições forem atendidas, a equipe poderá confirmar que a release foi concluída. A “Definição de concluída” geralmente significa que a equipe concluiu todas as tarefas descritas em uma história do usuário e documentou o trabalho para o proprietário do produto poder avaliar.

Passo 4: finalize e compartilhe o calendário de release do produto

Depois da reunião de planejamento, finalize os últimos detalhes e ajustes, e compartilhe o calendário de release do produto com todas as partes interessadas. Todos devem ter um acesso contínuo ao release planning para visualizá-lo a qualquer momento e ver atualizações. O release planning Scrum ajudará a equipe a focar nas tarefas certas no momento certo.

Como o release planning têm um impacto bastante significativo no sucesso futuro de um projeto, é importante criar cronogramas e fluxos de processos bem definidos e que todas as partes interessadas possam acessar. Use um espaço de trabalho visual como o Lucidchart para criar release planning Scrum esclarecedores e bem elaborados, proporcionando um desenvolvimento mais eficiente e prático. Gerentes, membros de equipes e outras partes interessadas podem visualizar os detalhes dos planos e projetos em tempo real, para que não haja nenhuma incerteza. 

Veja como usar o Lucidchart para implementar metodologias Ágil.

Ler mais

Start diagramming with Lucidchart today—try it for free!

Sign up free

Sign up to get the latest Lucidchart updates and tips delivered to your inbox once a month.

Subscribe to our newsletter

About Lucidchart

Lucidchart is the intelligent diagramming application that empowers teams to clarify complexity, align their insights, and build the future—faster. With this intuitive, cloud-based solution, everyone can work visually and collaborate in real time while building flowcharts, mockups, UML diagrams, and more.

The most popular online Visio alternative, Lucidchart is utilized in over 180 countries by millions of users, from sales managers mapping out target organizations to IT directors visualizing their network infrastructure.

Related posts:

O que é metodologia ágil na gestão de produtos

o que é metodologia ágil

Ciclo de desenvolvimento Ágil de software

ciclo de vida de desenvolvimento de software ágil
PrivacyLegalCookies

© 2022 Lucid Software Inc.