Mapa de história do usuário

Guia rápido de como escrever histórias de usuário

Tempo de leitura: cerca de 7 minutos

O usuário final deve ser a prioridade de qualquer equipe de desenvolvimento. Ao antecipar as necessidades e preferências do usuário, você pode criar uma experiência aprimorada para seus usuários e incentivar o uso contínuo do seu produto. Mas como começar?

O mapeamento de histórias de usuários pode ser a resposta. Este artigo mostrará como fazer mapas de histórias de usuários, usados com maior frequência no desenvolvimento ágil de software, e usá-los no planejamento de uma experiência de usuário mais eficaz.

O que é história de usuário?

Uma história de usuário é uma descrição curta e simples de uma funcionalidade de um produto na perspectiva da pessoa que deseja usar a nova funcionalidade, normalmente um usuário ou cliente do produto. As histórias de usuários podem se parecer mais ou menos com isso: "Como usuário de e-mail, quero poder pesquisar meu e-mail por palavra-chave para poder encontrar rapidamente as informações que estou procurando".

Os gerentes de produto contam com o mapeamento de histórias de usuários — visualizando histórias de usuários e mostrando como elas podem ser realizadas em um sprint—como uma espécie de bússola para manter todos no curso certo durante o desenvolvimento. Os membros da produção aproveitam o mapeamento de histórias de usuários para entender o que o cliente quer do produto — como ele deseja interagir com ele ou usá-lo.

Exemplo de Mapeamento de História do Usuário
Exemplo de mapeamento de história do usuário (clique na imagem para modificar este modelo)

A abordagem com foco no cliente do mapeamento de histórias de usuários resulta em clientes mais satisfeitos porque a equipe de desenvolvimento considera as necessidades deles desde o início.

Como o mapeamento de histórias de usuários pode ser útil?

O mapeamento de histórias de usuários oferece os seguintes benefícios para ajudar as equipes na criação de um produto ou serviço que os usuários vão apreciar.

Prioriza o trabalho

Como o mapeamento de histórias de usuários oferece às equipes uma visão holística da experiência do usuário, os membros da equipe podem facilmente determinar tarefas essenciais e organizar o trabalho em sprints ou lançamentos.

Enfatiza o valor do usuário

Ao construir a história da perspectiva do usuário, a equipe de desenvolvimento identifica como os usuários interagem com o produto e quais requisitos precisam ser atendidos para facilitar essas interações.

Destaca os obstáculos

O mapeamento de histórias de usuários esclarece quaisquer questões, riscos ou problemas fornecendo uma visão de alto nível do produto. Isso poupa tempo ajudando as equipes a trabalhar em problemas previstos antes que eles ocorram.

Garante a unidade da equipe

Como diz o nome, o mapeamento da história do usuário cria um mapa com o qual a equipe concorda e que segue ao longo do desenvolvimento. A equipe pode consultar o mapa sempre que não tiver certeza para onde ir em seguida.

Permite aprimoramento constante

Um mapa de história de usuário bem definido agrupa histórias por prioridade, que, por sua vez, podem ser agrupadas por iterações para coletar feedback no início do processo e fazer melhorias à medida que o projeto avança.

Como fazer um mapa da história do usuário

Exemplo de Mapa de História do Usuário com Raias
Exemplo de mapa de história do usuário com raias (clique na imagem para modificar este modelo)

Para dar início ao processo de mapeamento da história do usuário, a equipe de desenvolvimento primeiro decide como formatar seu mapa de histórias. Normalmente, o mapeamento de histórias de usuários assume a forma de notas adesivas post-it em um quadro branco ou parede, com cada post-it representando uma história ou atividade, mas com o Lucidchart, você pode personalizar um modelo de mapeamento de histórias de usuários ou usar nossas formas de notas adesivas para colaborar em tempo real e documentar as histórias específicas dos usuários da sua marca.

Siga estas etapas para escrever uma história de usuário clara e útil.

1. Entenda seus usuários

Quem você vê como o público principal ou o público-alvo do seu produto? Embora possa haver vários tipos diferentes de usuários, identificar seu principal público-alvo manterá o desenvolvimento no caminho certo para entregar um produto de sucesso. Grupos de foco e testes A/B podem fornecer informações sobre o que seus usuários fazem ao interagir com seu produto. Ao planejar um novo projeto, analise resultados passados juntamente com pesquisas do setor para ter certeza de que você está colocando o usuário em primeiro lugar.

2. Identifique o problema

Qual problema seu serviço ou produto está ajudando o cliente a superar? Mantenha um mindset com o usuário em primeiro lugar durante esta etapa, para visualizar como o usuário final experimentará o produto. Se você está empacado, lembre-se deste formato: "Como usuário, eu quero [a ação], de forma que [o benefício] aconteça."

3. Mapeie as atividades do usuário

A interação com seu produto virá na forma de atividades do usuário. Essas atividades funcionam como pontos de ancoragem à medida que você cria seu mapa da história do usuário. Elas devem ser bastante amplas, pois histórias de usuários mais específicas comporão as ações por trás de cada atividade.

4. Mapeie as histórias dos usuários em atividades do usuário

Em cada atividade, uma série de histórias de usuários cria uma jornada do cliente maior. No exemplo do site de streaming de vídeo, na atividade de usuário de escolher um vídeo, uma história de usuário pode incluir a busca de um vídeo e, em seguida, filtrar ou editar os resultados da pesquisa para esclarecimento.

3. Priorização

Após identificar e mapear as atividades do usuário e suas histórias correspondentes, a equipe de produção pode começar a priorizar histórias de usuários. Classifique as histórias verticalmente da mais importante para a menos importante para ajudar a equipe de produção a entender quais histórias têm mais impacto na jornada do cliente.

6. Identifique obstáculos

À medida que o mapa de histórias do usuário toma forma, a equipe pode começar a identificar áreas de informações ausentes, gargalos ou outros problemas que podem retardar a produção. Use esta etapa para identificar soluções e soluções alternativas.

7. Planeje o sprint

Todo o trabalho de mapeamento se concretiza na fase de planejamento do projeto (saiba mais sobre sprints e planejamento de sprints em nosso blog sobre a metodologia Scrum). Após as atividades do usuário e as histórias serem priorizadas, elas podem ser agrupadas em sprints, onde cada parte do mapa de histórias do usuário é atribuída a um membro da equipe de produção com uma explicação clara de como deve ser concluída.

Próximos passos após o mapeamento da história do usuário

Quando o exercício de mapeamento de histórias de usuários estiver concluído, as partes interessadas relevantes geralmente revisarão as atividades e histórias mapeadas. Lembre-se de que nada é definitivo — você pode e deve fazer alterações quando necessário. Depois que todas as partes envolvidas concordarem com um mapa final de histórias de usuários, a equipe de produção pode começar o desenvolvimento.

Para começar, você pode aproveitar qualquer um dos seguintes diagramas e processos:

O mapeamento de histórias de usuários é uma prática útil para visualizar qual trabalho precisa ser executado primeiro para criar o produto final mais eficaz. O usuário final é o foco durante todo o processo, com ênfase em várias iterações e incorporando feedback. Um mapa de histórias de usuário eficaz é fluido e pode ser atualizado conforme as necessidades do projeto mudam ou novas partes interessadas são introduzidas.

Inscreva-se no Lucidchart para aproveitar os nossos modelos de mapeamento de histórias de usuários — você precisará deles para trilhar o caminho para o sucesso.

Crie sua própria história de usuário preenchendo um mapa de histórias de usuários em branco, adaptado à jornada dos seus usuários.

Veja como

Comece a diagramar com o Lucidchart hoje mesmo — gratuitamente!

Cadastre‐se gratuitamente

Bastante acessado

The 4 Phases of the Project Management Life CycleAs 4 fases do ciclo de vida da gestão de projetos

Sobre o Lucidchart

O Lucidchart é o aplicativo de diagramação inteligente que capacita as equipes a esclarecer a complexidade, alinhar seus insights e construir o futuro, mais rapidamente. Com esta solução intuitiva baseada em nuvem, todos podem trabalhar visualmente e colaborar em tempo real enquanto criam fluxogramas, maquetes, diagramas UML e muito mais.

O Lucidchart é a alternativa on-line ao Visio mais conhecida e utilizada em mais de 180 países por milhões de usuários, desde gerentes de vendas para mapear organizações-alvo a diretores de TI para visualizar sua infraestrutura de rede.

Publicações relacionadas:

Jornada do cliente: o que é e como mapeá-la para aumentar a conversão

mapeamento da jornada do cliente

Roundup: Incredible UX Design Stories From Our Users

ux designer case study

Iniciar

  • Preços
  • Individual
  • Equipe
  • Empresa
  • Falar com área de vendas
PrivacidadeJurídicoCookies

© 2022 Lucid Software Inc.