estratégia de api

Determine a estratégia de API da sua empresa

Tempo de leitura: cerca de 9 minutos

Hoje em dia, as APIs são essenciais nos novos modelos de negócios, canais e produtos digitais. Sabendo como monetizar as APIs, uma organização pode ficar à frente da concorrência. É essencial ter uma estratégia de API se você deseja desenvolver um ecossistema digital em torno dela. 

Aprenda a criar uma estratégia de API de sucesso, seja ela para usuários internos ou externos. 

Por que as APIs são importantes?

As trocas de dados facilitadas por APIs são cada vez mais essenciais nos principais aplicativos de consumo e nos sites externos de reservas e de compras, além de outros usos digitais para os quais a sua organização venha a usar seu produto. Com uma API própria, você cria um ecossistema digital em torno do seu software. Mesmo que a API seja apenas para uso interno, é útil ter fluxos de trabalho de integração que podem ser reutilizados nas suas aplicações.

As APIs trazem ainda outros benefícios:

  • Criam parcerias: as APIs podem ser o ponto de partida de uma parceria com outras organizações, que podem integrar os seus dados a outros produtos e serviços. 
  • Evita redundâncias: internamente, você pode reciclar fluxos de trabalho e, assim, economizar recursos.
  • Oferece mais valor: com as suas APIs, você oferece ainda mais valor aos clientes internos e externos. 

O que é estratégia de API?

Antigamente, muitas APIs eram mal projetadas e não ofereciam todo o potencial aos usuários. A estratégia de API inclui o posicionamento e o planejamento necessários para monetizar ou usar efetivamente as APIs. Para esses fins, a estratégia de API geralmente envolve a criação de uma economia digital em torno da API, com as plataformas, os canais e o apelo certos para os públicos certos. 

A estratégia de API, em outras palavras, prepara a sua API para ser adotada pelo seu público. Além disso, você trabalha em conjunto com o planejamento de parcerias e contatos estratégicos, trazendo sua API às operações da empresa. 

A estratégia de API serve para: 

  • Padronizar a segurança e a conformidade: antigamente, as APIs às vezes representavam links fracos na segurança e no desempenho da aplicação. Uma estratégia pode prevenir e resolver esses problemas. 
  • Tratar APIs mais como produtos: antes apenas um projeto paralelo da equipe de desenvolvimento, hoje as APIs são tão importantes quanto o produto na sua organização. 
  • Definir padrões e expectativas: padronização é algo essencial, e uma boa estratégia de API segue padrões acessíveis e fáceis para os desenvolvedores trabalharem. Seja numa API de uso interno ou externo, esses padrões permitem que outras pessoas usem sua API de forma eficaz.
  • Gerenciar a manutenção e o uso de recursos: com o tempo, a estratégia certa reduz o custo total de propriedade da API e adapta suas operações de acordo com a demanda. 

Os principais componentes de uma estratégia de API bem-sucedida

Para que uma estratégia de API seja bem-sucedida, você deve dividi-la em componentes individuais, alinhando sua cultura organizacional, criando e implementando tecnologia e promovendo seu ecossistema. A estratégia visa a uma API mais competitiva e inovadora no mercado. 

Criação do roadmap da estratégia de API

Primeiro, você precisa criar o caso de negócios e a prototipagem da estratégia de API. Neste primeiro estágio, é fundamental alinhar a equipe e criar um entendimento. 

  1. Envolva as partes interessadas: esta é a sua chance de envolver todas as partes interessadas na identificação de possíveis problemas, oportunidades e competências dos membros da equipe. 
  2. Determine o público-alvo da API: saiba para quem sua API foi projetada e entenda as necessidades deles. 
  3. Confira seus modelos de negócios: nesta etapa, você deve confirmar que o planejamento do ecossistema e modelo de negócios estão no caminho certo. O modelo de negócios da API faz sentido e se adapta às necessidades da sua empresa?
  4. Trabalhe nas experiências do usuário e na prototipagem: comece a definir as jornadas do usuário e a garantir que você as compreende. Crie um protótipo e use um diagrama para ver os fluxos de trabalho. 
  5. Crie um roadmap: a partir daqui, comece a moldar o roadmap da API. É uma boa hora de usar diagramas, conforme necessário, para imaginar sua estratégia de API. 
  6. Conquiste o gerenciamento: feita a lição de casa, agora você pode levar o roadmap e o trabalho preliminar à gerência, se ainda não fez isso. A adesão e o suporte dela serão essenciais na próxima fase, durante o alinhamento organizacional. 

Estabelecimento dos valores da API e alinhamento da sua organização 

Junto com o roadmap, é bom se dedicar à cultura, sua estratégia de API tem um componente cultural que envolve a parte interna da sua organização. APIs que serão importantes ao ecossistema do seu produto provavelmente exigem um trabalho mais aprofundado dentro da sua empresa. Se, por exemplo, A API for para uso externo e ocasional ao envolvimento dos consumidores, talvez seja necessário criar uma cultura em torno da estratégia de API. 

  1. Defina o tom: anuncie de forma geral a visão da sua API, pois ela é relevante à organização como um todo. Divulgue e conscientize a empresa sobre o que sua estratégia de API significará à organização. 
  2. Esclareça seus valores: privacidade, segurança, confiabilidade e confiança são exemplos de valores que você pode exaltar na sua estratégia e visão da API. Comunique as partes interessadas e dentro da sua estratégia de API. 
  3. Crie planos de contratação e de treinamento: ao dar atenção às necessidades do pessoal envolvido na sua estratégia de API, você monta as equipes certas e fornece os recursos necessários. 
  4. Escolha uma cultura centrada no produto: na estratégia de API, cultive uma abordagem centrada no produto, a fim de atender clientes internos e externos da API. Você verá as oportunidades de crescer e de melhorar a API.

Criação da tecnologia do ecossistema 

Talvez você já tenha decidido muitos dos detalhes técnicos da API, mas há fatores sobre a plataforma, o ciclo de vida e outros a considerar.

  1. Analise o ciclo de vida: onde está a API? No início ou mais perto do fim do ciclo? Se você está criando o ecossistema agora, a API provavelmente é “mais jovem” e está no início do ciclo de vida. Leve em consideração como ecossistema das APIs está estabelecido e quais são seus planos comerciais e técnicos para o resto do ciclo de vida. 
  2. Identifique os KPIs essenciais: você precisará acompanhar o progresso da estratégia de API e o desempenho da API; por isso, desenvolva um plano para monitorar os KPIs mais indicativos. Considere um painel para ver seus KPIs. 
  3. Planeje a arquitetura das APIs: à medida que o ecossistema das APIs cresce, você precisa estar preparado para mudanças no uso e no desempenho dos recursos. 
  4. Siga as práticas recomendadas de segurança: para que a segurança não seja um ponto fraco da sua API, decida as melhores práticas recomendadas de segurança para seu caso de uso exclusivo. 

Criação da comunidade em torno da sua API 

Se o seu público não conhecer sua API, é improvável que o resto do seu trabalho faça a diferença. Dependendo de como a API será usada em âmbito interno e externo, talvez seja necessário criar campanhas de marketing e planos de treinamento e certificação; desenvolver feedback e ciclos de suporte; e procurar parcerias estratégicas. 

  1. Planeje o marketing: mesmo que a API seja para uso interno, planeje como a API será anunciada aos usuários. Você precisa criar uma campanha de divulgação? 
  2. Crie um portal de desenvolvimento: um portal do desenvolvedor é essencial para quem procura usuários externos e parcerias. Pense em como você comercializará e viabilizará o desenvolvimento de terceiros. 
  3. Desenvolva cursos: se necessário, analise como você oferecerá treinamento e certificação para os desenvolvedores que usam a API. 
  4. Prepare o suporte: prepare-se para oferecer suporte e ajuda a usuários e desenvolvedores. 
  5. Procure parcerias: as parcerias estratégicas geralmente são cultivadas. Identifique os potenciais parceiros. 

Dicas para o desenvolvimento de API

1. Defina metas específicas para a API 

Ao diagramar a API, você enxerga as APIs se encaixam no novo ecossistema. Mantenha as necessidades do público e do usuário em primeiro plano; e use as metas para orientar a criação e a estratégia das APIs. Sem as metas, fica mais difícil para sua organização criar uma API funcional. 

2. Comece com um projeto-piloto

Sempre use protótipos para APIs, estratégias, experiências do usuário e modelos de negócios. Demonstre sua API para receber feedback de verdade. O quanto antes você descobrir possíveis problemas e oportunidades, melhor; além disso, você economiza com recursos. 

Uma estratégia é criar uma versão beta da API e disponibilizá-la para desenvolvedores e membros da equipe. Esses "cobaias" podem solucionar problemas e testar os recursos enquanto você ainda trabalha nas etapas de desenvolvimento de uma estratégia de API. 

3. Construa o ecossistema pouco a pouco 

Usando uma distribuição incremental, você pode criar acesso para continuar monitorando a API e gerenciar os desafios que surgirem. Você também pode usar essa abordagem incremental com novas plataformas e canais de acesso, bem como novas parcerias — integrando uma de cada vez, se necessário, para gerenciar eventuais problemas no suporte e no desempenho. 

Com o tempo, você pode usar essa estratégia para desenvolver um ecossistema completo de APIs com um número maior de usuários e de parceiros. 

4. Use recursos visuais 

Você pode usar a visualização em diferentes partes da estratégia de API para ajudar a equipe a planejar, a monitorar e a criar. 

5. Faça um roadmap, teste e melhore de forma contínua 

A estratégia de API funciona melhor como um documento vivo. Não tenha medo de revisitar partes da estratégia e de fazer mudanças à medida que você avançar. 

Crie um ecossistema para a API 

À medida que a estratégia evolui, aprimore o trabalho já feito, celebrando e aproveitando cada pequena conquista. Um ecossistema digital pode contribuir para os objetivos de negócios da sua organização se você estiver pronto para cultivar uma estratégia de API eficaz.

O próximo passo é criar um diagrama de APIs no Lucidchart.
Descubra como

Comece a diagramar com o Lucidchart hoje mesmo — gratuitamente!

Cadastre‐se gratuitamente

Bastante acessado

The 4 Phases of the Project Management Life CycleAs 4 fases do ciclo de vida da gestão de projetos

Sobre o Lucidchart

O Lucidchart é o aplicativo de diagramação inteligente que capacita as equipes a esclarecer a complexidade, alinhar seus insights e construir o futuro, mais rapidamente. Com esta solução intuitiva baseada em nuvem, todos podem trabalhar visualmente e colaborar em tempo real enquanto criam fluxogramas, maquetes, diagramas UML e muito mais.

O Lucidchart é a alternativa on-line ao Visio mais conhecida e utilizada em mais de 180 países por milhões de usuários, desde gerentes de vendas para mapear organizações-alvo a diretores de TI para visualizar sua infraestrutura de rede.

Iniciar

  • Preços
  • Individual
  • Equipe
  • Empresa
  • Falar com área de vendas
PrivacidadeJurídicoCookies

© 2022 Lucid Software Inc.